Copom faz corte na taxa de juros em meio a previsões piores para a economia | Phi Investimentos

Copom faz corte na taxa de juros em meio a previsões piores para a economia

Copom faz corte na taxa de juros em meio a previsões piores para a economia

A taxa Selic foi reduzida em 0,25 pontos percentuais, chegando a 13,75%. Foi a segunda redução seguida em 2016

copom-faz-corte-na-taxa-de-juros-em-meio-a-previsoes-piores-para-a-economia

Na última terça-feira de novembro (30), o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu, em unanimidade, pela redução da taxa básica de juros em 0,25 pontos percentuais, baixando de 14% para 13,75%. A decisão veio junto a previsão do boletim Focus no início da semana, de menor inflação para 2016 e uma maior retração do Produto Interno Bruto (PIB) em neste ano e em 2017.

Com isso, reforçou-se uma possível intensificação da distensão monetária: fator variável de acordo com os efeitos sobre a inflação do crescimento da economia doméstica e também pelo desenvolvimento do mercado internacional na liquidez para os países emergentes.

O comunicado

Primeiramente, o comunicado do Copom esclareceu que a atividade econômica brasileira ficou abaixo do esperado e isso fez com que as previsões para o PIB de 2016 e 2017 fossem reduzidas. Para os diretores do Comitê, a atividade econômica pode demorar para mostrar sinais claros de recuperação.

No mercado internacional, o panorama é de incertezas. As flutuações dos preços no mercado de ativos demonstram um possível fim de um período positivo para as economias emergentes. A possibilidade de retomada das condições monetárias dos EUA no curto prazo e as incertezas quanto as novas políticas econômicas norte-americanas colaboram para manter o clima instável.

Sobre a inflação, o Copom considera que o cenário está mais promissor do que o previsto anteriormente e isso decorre em parte, da diminuição nos preços dos alimentos.

Riscos para a inflação

O comunicado salientou alguns pontos de risco para a inflação:

  • O fim do período positivo para as economias emergentes pode dificultar o processo de desinflação.
  • Alguns componentes do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) são mais “sensíveis ao ciclo econômico e à política monetária”e isso pode significar uma demora na convergência da inflação à meta.
  • O caminho para as reformas e ajustes para a economia é incerto e deve ocorrer de maneira mais lenta do que o esperado.

O outro lado da moeda

Também foram identificadas algumas situações diferentes e podem modificar as previsões mais pessimistas para a economia brasileira:

  • A fraca atividade econômica pode fazer com que o processo de desinflação seja mais ágil do que o previsto pelo Copom.
  • O fato da inflação apresentar-se mais positiva no curto prazo pode demonstrar também uma “menor persistência no processo inflacionário”.
  • O processo das reformas e ajustes pode acontecer de maneira mais rápida do que o previsto.

Por último “… o Comitê entende que a convergência da inflação para a meta de 4,5% no horizonte relevante para a condução da política monetária – que inclui os anos-calendário de 2017 e 2018 – é compatível com um processo gradual de flexibilização monetária.”

Leia aqui o comunicado na integra: Copom reduz a taxa Selic para 13,75% ao ano

Em dúvida sobre como se proteger das incertezas do mercado interno e externo? A PHI Investimentos tem uma equipe qualificada para te auxiliar a dar o passo correto na direção do investimento mais acertado para você. Faça aqui seu pré-cadastro e abra já sua conta!

Escrito por Larissa Moutinho, jornalista MTB 6805, assessora responsável pela comunicação da PHI Investimentos. Foi editora da Revista ADVFN e jornalista da InvestMais. Pós-graduada em marketing e pós-graduanda em finanças.

Related posts

InvestSim: 1º Simpósio de investimentos debate as principais oportunidades em investimentos no Brasil

Realizado nesta segunda-feira, 03, pela PHI Investimentos em parceria da Guide Investimentos, o  I° Simpósio de Investimentos do Paraná – INVESTSIM reuniu em um único dia, 500 participantes e 15 palestrantes de destaque no mercado financeiro nacional que juntos são responsáveis pela gestão de mais de R$100 bilhões. O...

Read More

Qual é o valor mínimo para investir?

Um dos maiores mitos sobre investimentos é a ideia de que é necessário ter uma grande quantia de dinheiro sobrando para começar a investir. Porém, é possível sair da poupança e aprofundar-se no mundo dos investimentos com muito pouco. Uma das principais dúvidas de investidores iniciantes é quanto ao valor...

Read More