Os delírios de consumo de Becky Bloom | Phi Investimentos

Os delírios de consumo de Becky Bloom

Os delírios de consumo de Becky Bloom

Rebecca Bloom (Isla Fisher) é uma compulsiva. Ela não tem controle algum sobre sua suas finanças e sua vida financeira virou um caos completo. Sentiu uma identificação? Então atenção porque isso pode significar um verdadeiro perigo à sua saúde financeira.

Os delírios de consumo de Becky Bloom-img destaque

O filme Os delírios de consumo de Becky Bloom (Confessions of a Shopaholic, 2009) é uma comédia baseada na coleção de livros “Delírios de Consumo”, de Sophie Kinsella, que vendeu mais de 15 milhões de cópias em todo o mundo. Esse filme possui um roteiro simples e divertido, ideal para assistir em uma tarde com a família. Mas é possível aprender algo fundamental com a personagem de Rebecca: como não gastar o dinheiro.

Rebecca Bloomwood (Isla Fisher) é uma garota de 25 anos e que adora fazer compras. É sua atividade preferida. Porém, essa atividade passa de lazer a vício e isso a leva à falência. Henry Ford, o grande empreendedor e fundador da Ford Industries uma vez disse: “Ser rico não é apenas economizar dinheiro, mas também saber como e onde gastá-lo”. O que acontece com Rebecca é justamente o contrário.

Dentre as lições que podemos tirar de Os delírios de consumo de Becky Bloom, a principal é: traição financeira existe e pode ser tão séria quanto uma traição pessoal. Todo relacionamento é algo vivo e que muda constantemente.

Os delírios de consumo de Becky BloomNo caso de Rebecca, a situação é levada ao extremo graças a seu consumismo compulsivo. Apesar de ser uma mulher com estudo e inteligência, ela apenas pensa em fórmulas mirabolantes para conseguir pagar a fatura de seu cartão de crédito (ou em maneiras para enrolar seu gerente de banco por mais tempo). Claro, aqui estamos descrevendo uma comédia, mas essa realidade está presente na vida de muitos ao redor do mundo.

Falta de organização, dificuldades de planejamento e consumo por impulso, são algumas das atitudes que podem agir contra a sua saúde financeira e isso, no médio prazo, pode afetar tanto sua saúde pessoal, quanto emocional.

Vale assistir para repensar sobre em como você gasta seu dinheiro e também avaliar seu relacionamento com suas finanças. O elenco do filme também conta com Hugh Dancy, Krysten Ritter, Joan Cusack e o comediante norte-americano, John Goodman.


Escrito por Larissa Moutinho, jornalista MTB 6805-PR, assessora responsável pela comunicação da TORO Investimentos. Foi editora da Revista ADVFN e jornalista da InvestMais. Pós-graduada em marketing e pós-graduanda em finanças.

Related posts

InvestSim: 1º Simpósio de investimentos debate as principais oportunidades em investimentos no Brasil

Realizado nesta segunda-feira, 03, pela PHI Investimentos em parceria da Guide Investimentos, o  I° Simpósio de Investimentos do Paraná – INVESTSIM reuniu em um único dia, 500 participantes e 15 palestrantes de destaque no mercado financeiro nacional que juntos são responsáveis pela gestão de mais de R$100 bilhões. O...

Read More

Qual é o valor mínimo para investir?

Um dos maiores mitos sobre investimentos é a ideia de que é necessário ter uma grande quantia de dinheiro sobrando para começar a investir. Porém, é possível sair da poupança e aprofundar-se no mundo dos investimentos com muito pouco. Uma das principais dúvidas de investidores iniciantes é quanto ao valor...

Read More

Give a Reply