Poupança bate recorde de captação: entenda o porquê | Phi Investimentos

Poupança bate recorde de captação: entenda o porquê

Poupança bate recorde de captação: entenda o porquê

Desde sua criação, a caderneta já chegou a acumular mais de R$ 650 bilhões em um único ano

phi-investimentos--poupanca-bat- recorde-entenda-o-porque

Mesmo após dois anos de fuga da poupança, no último ano, os depósitos recuperaram ritmo e a caderneta fechou 2017 com a maior captação líquida desde 2014. A soma do valor registrado em dezembro superou as retiradas em R$ 17,126 bilhões. O resultado foi um novo recorde de R$ 724,6 bilhões acumulados.

De acordo dados divulgados pelo Banco Central (BC), a situação atual da poupança foi o resultado da recuperação econômica somada a algumas iniciativas do governo, como:

  • Liberação de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)
  • Liberação do PIS/Pasep para idosos
  • Cortes sequenciais de juros

Além disso, a inflação baixa e o aumento de renda registrado no último ano fizeram com que parte da população brasileira retomasse a confiança e voltasse a poupar.

O que fez com que os brasileiros deixassem de poupar?

Talvez uma das melhores respostas para essa pergunta seja: receio. Afinal, houve um ano em que os brasileiros tiveram suas poupanças esvaziadas pelo governo. Em 1990, o PIB caiu 4,3%, a inflação chegou a 1.620% e o Plano Collor confiscou os depósitos bancários e as poupanças do país.

Então, em 2015, quando a crise econômica se mostrou mais forte, houve uma saída de R$ 53,6 bilhões dos cofres das poupanças brasileiras. Em 2016 a ex-presidente Dilma Rousseff foi “impeachmada” e o mercado financeiro sofreu diversas turbulências. Novamente houve saques e mais R$ 40,7 bilhões foram retirados das cadernetas.

O aumento do desemprego e a falta de confiança do mercado na situação político-econômica do país manteve os brasileiros distantes da poupança nos últimos dois anos.

>> Confira aqui um infográfico exclusivo da PHI Investimentos com a história da poupança

E agora? Por que a poupança ainda atrai os brasileiros?

Com 157 anos de existência, a poupança é uma aplicação bastante tradicional no Brasil. Parte dessa atratividade se deve a sensação de segurança e de garantias. Também há o fato de essa aplicação ter isenção de imposto de renda. Além dessas características, a caderneta de poupança é uma ferramenta simples e fácil para poupar.

Como a educação financeira ainda não é algo extensamente praticado no país, a certeza de que o dinheiro está seguro e a possibilidade de poder resgatar o valor guardado a qualquer momento mantém a caderneta atraente para os brasileiros.

Mesmo com as mudanças feitas na rentabilidade da poupança, em agosto de 2013, o aumento do emprego, do salário mínimo nacional e com a economia do país mais sólida, o brasileiro têm mais dinheiro para poupar (o que é bom).

Com os juros em queda, fundos de investimentos pagam menos retorno e a poupança volta a ser atraente.

Leia também:

Escrito por Larissa Moutinho, jornalista MTB 6805, assessora responsável pela comunicação da PHI Investimentos. Foi editora da Revista ADVFN e jornalista da InvestMais. Pós-graduada em marketing e pós-graduanda em finanças.

Related posts

InvestSim: 1º Simpósio de investimentos debate as principais oportunidades em investimentos no Brasil

Realizado nesta segunda-feira, 03, pela PHI Investimentos em parceria da Guide Investimentos, o  I° Simpósio de Investimentos do Paraná – INVESTSIM reuniu em um único dia, 500 participantes e 15 palestrantes de destaque no mercado financeiro nacional que juntos são responsáveis pela gestão de mais de R$100 bilhões. O...

Read More

Qual é o valor mínimo para investir?

Um dos maiores mitos sobre investimentos é a ideia de que é necessário ter uma grande quantia de dinheiro sobrando para começar a investir. Porém, é possível sair da poupança e aprofundar-se no mundo dos investimentos com muito pouco. Uma das principais dúvidas de investidores iniciantes é quanto ao valor...

Read More