Queda no número de contratações e vendas para o Natal | Phi Investimentos

Queda no número de contratações e vendas para o Natal

Queda no número de contratações e vendas para o Natal

trouser-pockets-1439412_960_720O Natal desse ano deverá ser pior para o comércio no país, tanto em vendas quanto em contratação de mão de obra temporária. A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), divulgou previsão nada animadora para o final desse ano.

Segundo a entidade, as vendas de Natal devem ter uma queda de 3,5%, em relação ao ano passado, podendo atingir um volume de R$32,1 bilhões até dezembro.

No acumulado de 2016, o comércio varejista já registrou queda de 7,9%, na comparação com o mesmo período do ano passado.

Já no quarto trimestre de 2015, as vendas do varejo caíram 6,9%, em relação ao quarto trimestre de 2014, representando a quarta taxa negativa consecutiva nesse tipo de comparação.

Durante todo o ano de 2015, a queda foi de 4,3% no volume de vendas do comércio varejista, a maior desde o início da série histórica, em 2001, da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Menos postos de trabalho

Em consequência da previsão negativa de vendas no varejo, a contratação de mão de obra temporária, sempre muito grande no final do ano, deverá apresentar queda de 2,4%, em comparação o ao mesmo período do ano passado. Pela pesquisa da CNC, deverão ser contatados 135 mil trabalhadores temporários para o período de Natal.

Essa estimativa acompanha os números gerais do país, com relação a emprego. Pelos dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o desemprego atingiu 11,3% no trimestre encerrado em junho.

Esse número representa um crescimento de 4,5% na população desocupada, frente ao primeiro trimestre e de 38,7% na comparação com o segundo trimestre de 2015.

Segundo o economista Fabio Bentes, da CNC, é um retorno ao patamar de 2012 e o segundo ano consecutivo de queda nesse tipo de contratação.

Renda maior

Em compensação, o salário de contratação deve ter uma elevação de 9,5%, comparada ao ano anterior, sendo apenas 0,6% superior, descontada a inflação, podendo chegar aos R$1.205,00.

Alternativa ao desemprego

Para aqueles que buscariam os empregos temporários para a temporada de final de ano e acreditam que não irão conseguir, alternativas empreendedoras podem auxiliar a aumentar a renda neste Natal.

O empreendimento costuma ser uma boa opção para quem não acha lugar no mercado de trabalho. Opções como fazer comida sob encomenda ou mesmo vender alguma arte/artesanato próprio podem gerar uma maior renda para o fim do ano.

Outra opção que a população tem encontrado são as conhecidas franquias de produtos domésticos e para a casa, que dão a liberdade de efetuar o trabalho em qualquer horário, além da possibilidade de executar mais de uma atividade geradora de renda.

Pensar sempre com planejamento e criatividade pode auxiliar em épocas de recessão e, possivelmente, mostrar uma saída que leve para um negócio próprio. Então, estudar e entender o cenário é imprescindível para alcançar os objetivos e, neste caso, passar um Natal agradável.

Leia também: Empreendedorismo, qual a sua importância?

E você? Está em dúvida em como proceder com seus investimentos neste final de ano? A PHI Investimentos conta com uma equipe de profissionais qualificados para auxiliá-lo nas melhores decisões. Faça aqui seu pré-cadastro e abra já sua conta. Bons negócios!

Related posts

InvestSim: 1º Simpósio de investimentos debate as principais oportunidades em investimentos no Brasil

Realizado nesta segunda-feira, 03, pela PHI Investimentos em parceria da Guide Investimentos, o  I° Simpósio de Investimentos do Paraná – INVESTSIM reuniu em um único dia, 500 participantes e 15 palestrantes de destaque no mercado financeiro nacional que juntos são responsáveis pela gestão de mais de R$100 bilhões. O...

Read More

Qual é o valor mínimo para investir?

Um dos maiores mitos sobre investimentos é a ideia de que é necessário ter uma grande quantia de dinheiro sobrando para começar a investir. Porém, é possível sair da poupança e aprofundar-se no mundo dos investimentos com muito pouco. Uma das principais dúvidas de investidores iniciantes é quanto ao valor...

Read More