Raio-X do Investidor: como os brasileiros lidam com o dinheiro | Phi Investimentos

Raio-X do Investidor: como os brasileiros lidam com o dinheiro

Raio-X do Investidor: como os brasileiros lidam com o dinheiro

poupança-raio-x-do-investidor-brasileiro-pesquisa-phi-investimentos

Como os brasileiros administram suas finanças? Quanto poupam? E com qual objetivo? Têm a intenção de investir? Para responder a estas perguntas, a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) encomendou ao Datafolha a pesquisa “Raio-X do Investidor Brasileiro”.

A pesquisa entrevistou 3.374 brasileiros das classes A, B e C, a partir dos 16 anos de idade, em 152 municípios do país ao longo do mês de março. Foram considerados a população economicamente ativa, inativos que possuem alguma renda e aposentados. Os resultados têm nível de confiança de 95%, com margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Mais da metade dos entrevistados afirmam ter vontade de guardar dinheiro. Porém, a pesquisa revela que o conceito de investimento dos brasileiros é bastante generalizado.

  • Dos 51% que querem poupar
  • 40% pretendem usar suas economias para comprar ou reformar bens, como carros ou imóveis
  • Somente 22% pretendem usar as reservas em aplicações financeiras (sendo 15% na poupança)

Potencial de investimento

De acordo com o levantamento, 6,2 milhões de brasileiros são investidores em potencial. Isto é, ainda não investem, mas têm a intenção de investir. Entre os que têm a intenção de investir no ano de 2018, 68,2% dos entrevistados apontam como destino a poupança. Também foram citados:

  • Fundos de investimento (7,8%)
  • Previdência privada (7%)
  • Títulos públicos (5,3%)
  • Títulos privados (4,5%)

Cerca de 3% mencionaram ações, 2,3% os títulos de capitalização e 2% as moedas digitais.

O estudo também revela que 56% da população economicamente ativa — o que equivale a 53 milhões de pessoas — não faz nenhum tipo de investimento. As principais justificativas (84%) relacionam-se a falta de dinheiro, desemprego e gastos elevados. Outros 5% alegam insegurança e somente 3% afirmam não ter interesse em investir.

Leia a matéria na íntegra no Valor Econômico: Metade da população tem intenção de investir.

Related posts

InvestSim: 1º Simpósio de investimentos debate as principais oportunidades em investimentos no Brasil

Realizado nesta segunda-feira, 03, pela PHI Investimentos em parceria da Guide Investimentos, o  I° Simpósio de Investimentos do Paraná – INVESTSIM reuniu em um único dia, 500 participantes e 15 palestrantes de destaque no mercado financeiro nacional que juntos são responsáveis pela gestão de mais de R$100 bilhões. O...

Read More

Qual é o valor mínimo para investir?

Um dos maiores mitos sobre investimentos é a ideia de que é necessário ter uma grande quantia de dinheiro sobrando para começar a investir. Porém, é possível sair da poupança e aprofundar-se no mundo dos investimentos com muito pouco. Uma das principais dúvidas de investidores iniciantes é quanto ao valor...

Read More