Transmania: Mehanna Mehanna responde | Phi Investimentos

Transmania: Mehanna Mehanna responde

Transmania: Mehanna Mehanna responde

Mehanna H. Mehanna, sócio-diretor da PHI responde dúvidas sobre a bolsa de valores no programa Transmania, da rádio Transamérica Foz

O programa Transmania vai ao ar as sextas das 10h às 12h, na rádio Transamérica Foz e conta com a participação do sócio-diretor da PHI Investimentos, Mehanna Mehanna. A cada edição do programa, serão respondidas perguntas dos ouvintes sobre as variadas áreas: negócios, finanças, mercado financeiro e também questões ligadas à economia.

No primeiro programa em que participou, Mehanna abordou principalmente a questão relacionada as dívidas, consideradas o primeiro empecilho para quem quer investir. Ele também comentou sobre a importância do cenário econômico. A recessão econômica atualmente existe no Brasil afeta a forma de gerir investimentos. Nesse novo programa, uma das questões foi sobre o momento da economia e o investimento em ações, confira abaixo.

Mehanna Mehanna respondeMehanna responde

O programa foi ao ar no dia 17 de junho e a primeira pergunta dos ouvintes foi: Com muitas das companhias brasileiras em baixa, é um bom momento para investir na bolsa?  

A bolsa de valores é uma modalidade de investimentos classificada como renda variável. “O que isso significa? Que esses ativos estão sujeitos a oscilação. Isso representa um risco saudável”, explica Mehanna.

Para ele, um grande passo é estar disposto a compreender que os ativos de um investimento em ações variam, almejando uma maior rentabilidade a longo prazo: “No nosso dia-a-dia da PHI, a gente sempre sugere aos investidores do mercado de capitais a fazer uma escala gradativa nas modalidades de investimento. Costumamos aconselhar o investimento na bolsa de valores para quem já cumpriu a etapa de ter uma boa carteira de renda fixa mais conservadora’’, conta.

Outro alerta remete a primeira participação de Mehanna no Transmania e diz respeito ao planejamento financeiro para os investimentos. É preciso investir aquilo que se pode efetivamente investir, ou seja, “só aloque recursos nessa modalidade com o dinheiro que você não vai precisar no curto e médio prazo”, reforça o sócio-diretor da PHI Investimentos.

A dica: para quem pretende adquirir ações, é muito interessante estudar minuciosamente a empresa da qual pretende comprar ações.

“Na visão de longo prazo, não olhe para o investimento apenas como uma ação. Quando você compra uma ação, na realidade está comprando uma pequena parte de uma empresa. Está se tornando sócio de um negócio, então, olhar para a saúde financeira do negócio e para as perspectivas do setor é a melhor forma de tomar uma decisão”, diz Mehanna.

Bônus

Sobre a Petrobrás e suas ações: Essas ações estão em baixa devido aos escândalos de corrupção e o momento do petróleo, mas deveriam ser compradas com o intuito de aproveitar os preços baixos?

O diretor da PHI Investimentos conta que essa compra leva em importância não somente as análises mercadológicas ou perspectivas: ”Na nossa visão, a gente evita correr o risco de (empresa) estatal, porque você tem um risco político muito grande, então, principalmente para quem está começando a investir em ações, ela (a empresa) está descontada e pode dar um potencial de ganho muito mais elevado, mas por isso mesmo que é uma ação com muita volatilidade”, conclui.

A dica para quem está começando, de acordo com Mehanna Mehanna, é apostar em uma grande corporação privada e de primeira linha, para ter um retorno com menor risco e variação.

As dicas completas você tem acessando o programa da Transamérica Foz aqui.

Tem dúvida sobre como trabalhar com o seu dinheiro? Quer saber quais os melhores investimentos para 2016? Precisa de ajuda para conquistar sua independência financeira? Procurando boas perspectivas e opções de investimentos? Quer abrir um novo negócio?

Então tire suas dúvidas com Mehanna Mehanna, no programa Transmania, na Transamérica Foz (104,5 FM). Envie suas perguntas para [email protected] ou por meio do Facebook da PHI Investimentos.


Escrito por Larissa Moutinho, jornalista MTB 6805, assessora responsável pela comunicação da PHI Investimentos. Foi editora da Revista ADVFN e jornalista da InvestMais. Pós-graduada em marketing e pós-graduanda em finanças.

Related posts

InvestSim: 1º Simpósio de investimentos debate as principais oportunidades em investimentos no Brasil

Realizado nesta segunda-feira, 03, pela PHI Investimentos em parceria da Guide Investimentos, o  I° Simpósio de Investimentos do Paraná – INVESTSIM reuniu em um único dia, 500 participantes e 15 palestrantes de destaque no mercado financeiro nacional que juntos são responsáveis pela gestão de mais de R$100 bilhões. O...

Read More

Qual é o valor mínimo para investir?

Um dos maiores mitos sobre investimentos é a ideia de que é necessário ter uma grande quantia de dinheiro sobrando para começar a investir. Porém, é possível sair da poupança e aprofundar-se no mundo dos investimentos com muito pouco. Uma das principais dúvidas de investidores iniciantes é quanto ao valor...

Read More