Blog

O mercado financeiro em posts que valem a sua atenção

Commodities: o que são e como investir nelas no Brasil?

Compartilhe

Com grandes oportunidades de alavancar a carteira, as commodities têm ganhado cada vez mais a atenção dos investidores. Porém, a falta de conhecimento sobre esse tipo de investimento ainda é um impedimento para muitas pessoas que pensam em diversificar sua carteira com esse tipo de produto. Para resolver essa questão, a seguir vamos te explicar o que são commodities, como investir em commodities, para quem elas são indicadas e muito mais.

O que são commodities?

Commodities é um termo em inglês que significa “mercadorias”. Essas mercadorias são matérias-primas produzidas em grande escala que passaram por poucos processos de industrialização.

Existem diferentes tipos disponíveis, com características particulares. Entre as principais estão as commodities agrícolas, compostas pelo milho, soja, café, suco de laranja, entre outros. As commodities de minerais também são bastante conhecidas no Brasil, já que são compostas por ferro, ouro e petróleo, por exemplo. Além dessas, ainda existem as que contam com produtos ambientais e financeiros.

Quais são as principais vantagens das commodities?

Muito comercializadas, as commodities chamam a atenção dos investidores pelas vantagens que esse tipo de investimento oferece. A principal delas é a possibilidade de operar de forma alavancada, podendo obter grandes lucros. Mas isso não é tudo. Além de melhorar o desempenho da carteira, elas também são uma opção de diversificação. Sem falar que, como as commodities contam com altos volumes, a liquidez também é maior.

Quais são os riscos?

Quem já está familiarizado com o mundo dos investimentos sabe que quanto maior é a possibilidade de alavancagem, maiores são os riscos. Portanto, assim como ocorre com as ações, o principal risco das commodities é a desvalorização do investimento na hora da liquidação do contrato. Isso pode ocorrer por inúmeras razões, especialmente problemas econômicos.

No caso das commodities, vale ressaltar que esse investimento é altamente especulativo. Consequentemente, os riscos podem ser ainda maiores.

Para qual tipo de investidor as commodities são indicadas?

Você já sabe o que são commodities, seus riscos e vantagens. Portanto, já deve imaginar qual é o perfil de investidor mais indicado para essa categoria de aplicação. O simples fato de serem especulativas já fazem com que as commodities sejam destinadas a investidores arrojados, que se permitem passar por certos riscos.

Mas, mais do que isso, por estarmos falando de mercado futuro, fica evidente também a necessidade de investidores experientes. Somente aqueles que já conhecem o mercado e têm o compromisso de acompanhá-lo poderão manter o patrimônio protegido e aproveitar as melhores oportunidades.

Como funciona a negociação das commodities na bolsa de valores?

Uma das principais dúvidas dos investidores, além de saber o que são commodities, é como elas são negociadas. Primeiramente, precisamos ressaltar que para garantir a regulamentação, as commodities são negociadas na bolsa de valores. Sendo assim, são realizados contratos de compra e venda desses investimentos.

Esses contratos começam a valer antes mesmo da transação da commodity ocorrer.  Essa estratégia é utilizada pelos produtores para se protegerem da baixa dos preços e merece atenção. Afinal, se você negociar uma commoditie, existe a possibilidade do valor dela cair antes mesmo que a transação seja efetivada.

Em contrapartida, vale ressaltar que as commodities são negociadas no mercado internacional, com boa parte dos contratos feitos em dólar. Ou seja: ao investir em uma commoditie, você terá um investimento em uma forte moeda estrangeira.

Commodities e mercado futuro

Como explicamos anteriormente, a negociação de contratos das commodities trava o valor delas. Ou seja: os riscos de oscilações são reduzidos nesse período. E é justamente por essa razão que o mercado futuro é utilizado para proteção.

Na prática, isso significa que o produtor se mantém protegido das oscilações dos preços e os investidores têm maiores oportunidades de lucrar com a alta dos valores. Entretanto, para que essa lucratividade realmente aconteça, é fundamental que o investidor conheça o mercado e se mantenha informado sobre os diferentes setores. Afinal, como as commodities sofrem grande interferência do mercado internacional, essa é a única forma de tomar decisões estratégicas em prol do seu patrimônio.

Como investir em commodities?

Finalmente, vamos tirar uma das principais dúvidas de quem deseja investir em commodities. As negociações desse tipo de investimento são realizadas no pregão eletrônico da BM&FBovespa. Portanto, para investir em commodities é preciso abrir uma conta em uma corretora para que seja possível emitir uma ordem de compra no home broker.

Para contratos futuros, o dinheiro não precisa ser transferido durante a negociação. Porém, é necessário que o investidor tenha uma boa margem de garantia. Essa quantia pode estar aplicada em títulos de renda fixa, em ações ou em outros investimentos. Vale ressaltar que os contratos devem conter diferentes caracteres, relativos ao ativo, mês e ano de vencimento da commoditie.

Agora que você já tirou suas principais dúvidas sobre commodities, clique aqui e acesse o webinar da Phi Investimento, com a participação de Paschoal Paione. Nele, debatemos as principais oportunidades, melhores estratégias e as perspectivas para esse mercado.

VEJA TAMBÉM

O que são e como funcionam as criptomoedas?

11/05/2022

As criptomoedas chegaram como uma onda disruptiva, mas você sabe como elas funcionam e o porquê delas terem despertado a atenção de vários investidores no mercado?

Entenda mais sobre o que é a renda variável e veja 3 tipos de investimentos

09/05/2022

Aprenda o que é a renda variável e o porquê dela ser uma das categorias mais comentadas no mundo dos negócios. Veja as vantagens, desvantagens, os tipos de investimentos e entenda as nomenclaturas do mercado.

Entenda mais sobre o que é a renda fixa e 3 investimentos da categoria

06/05/2022

Aprenda de vez o que é a renda fixa e o porquê dela ser considerada ideal para investidores iniciantes. Veja as vantagens, desvantagens, os tipos de investimentos e entenda as nomenclaturas do mercado.

A Phi Investimentos é uma empresa de Agentes Autônomos – AAI de Investimento devidamente registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), na forma da Resolução CVM 16/21. A Phi Investimentos atua no mercado financeiro através da Guide Investimentos S.A., o que pode ser verificado no site da ANCORD. Na forma da legislação da CVM, o agente autônomo de investimento não pode administrar ou gerir o patrimônio de investidores. O AAI é um intermediário e depende da atualização prévia do cliente para realizar operações no Mercado Financeiro. Em caso de dúvidas e reclamações, favor contatar a Ouvidoria da Guide Investimentos no telefone 0800 704 0418.

[B]³ | BSMCVM

Selo Agro Broker
Selo Execution Broker
Selo Nonresident Investor Broker
Selo Retail Broker
Selo B3 Certifica
Selo Anbima - Distribuição de Produtos de Investimento
Selo Anbima - Administração Fiduciária
Selo Anbima - Gestão de Patrimônio
Selo Anbima - Gestão de Recursos
Selo Autorregulação Anbima

Invista agora

Olá, futuro cliente,

Em apenas dois passos, você garante uma das melhores assessorias gratuitas de investimentos do Brasil e começa a investir em uma das maiores corretoras da América Latina! E o melhor: é 100% digital, sem custos de abertura e manutenção de conta! Vamos lá?

Este site é protegido pelo Google reCAPTCHA. A Política de Privacidade e Termos de Serviço do Google se aplicam.

Agradecemos a confiança!

Foi super fácil não é mesmo? Agora, clicando no botão abaixo você será redirecionado para o link de abertura de conta da nossa corretora, a Guide.

Trabalhe conosco!