Blog

O mercado financeiro em posts que valem a sua atenção

Fundos imobiliários: por que investir?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

É um objetivo comum entre muitos brasileiros comprar imóveis para viver da renda de seus aluguéis. Mas, você sabia que é possível lucrar com imóveis, sem precisar comprar um diretamente? Esse é o caso dos fundos imobiliários.

Também conhecidos como FIIs, eles podem ser comercializados em poucos segundos e envolvem menos burocracia e dinheiro do que os necessários para a compra de um imóvel físico. Ficou curioso (a)? Descubra a seguir o que são e como investir em fundos imobiliários.

O que é fundo imobiliário?

Antes de mais nada, precisamos te explicar o que é fundo imobiliário. Podemos dizer que os fundos imobiliários são um tipo de investimento coletivo. Imagine um condomínio de investidores, que reúnem seus recursos para investir no mercado imobiliário.

Mas de quais tipos de empreendimentos estamos falando? Existem FIIs que são proprietários de prédios comerciais, shoppings, hospitais, hotéis, galpões corporativos, entre outros.

Ou seja: fundos imobiliários são uma forma de investir no mercado imobiliário sem, de fato, adquirir um imóvel. Afinal, o investidor compra parte do empreendimento, com outros sócios que também pagam por ele. E todos eles dividem os lucros obtidos.

Como funciona?

Todo fundo imobiliário é administrado por um gestor. É ele quem monta e administra o portfólio do FII. Sendo assim, o investidor não precisa se preocupar com a gestão dos imóveis. A construção, a venda, o aluguel, os contratos e os anúncios são responsabilidades do gestor. Ao investidor, cabe apenas os aportes e a participação nos resultados.

Tudo isso, faz com que seja extremamente importante conhecer o responsável pela administração do fundo imobiliário. Afinal, os resultados do investimento estão diretamente ligados à sua atuação. Vale estar atento também às taxas cobradas, já que elas existem para remunerar o trabalho do gestor.

Quais são os tipos de FIIs?

Agora que você já sabe o que é fundo imobiliário, chegou a hora de falar sobre os principais tipos que existem.

  • Fundos de papel: nesse caso, boa parte dos investimentos do fundo imobiliário são títulos de renda fixa, com ligação com o mercado imobiliário, como Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) e Letras de Crédito Imobiliário (LCI);
  • Fundos de tijolos: esses são os FIIs que contam com imóveis físicos. Eles podem atuar na locação, compra e venda ou construção dos empreendimentos.
  • Fundos de fundos: essa classe de FIIs possui cotas de outros fundos imobiliários no portfólio. Eles são indicados especialmente para quem deseja diversificar ainda mais a carteira.

Como você pôde perceber, existem diferentes tipos de fundos imobilíarios. Justamente por possuírem características distintas, podem demandar estratégias específicas. Por essa razão, é fundamental que você avalie cada uma dessas características no momento da escolha. Você deve levar em consideração vários pontos, como a relação risco x retorno e se o fundo em questão se encaixa no seu perfil de investidor.

Quais são as vantagens dos fundos imobiliários?

Rentabilidade

Uma das principais vantagens de um fundo imobiliário é a possibilidade de retorno que ele oferece. Você sabia que 95% do lucro líquido do FIIs é distribuído aos cotistas? Esse retorno pode acontecer graças à valorização da cota que o investidor possui ou pelo pagamento de rendimentos, como aluguéis e amortizações.

Diversificação

Anteriormente, nós já te explicamos o que é fundo imobiliário e quais são os principais tipos que existem. Isso apenas reforça que os FIIs são ótimos investimentos para quem deseja diversificar a carteira.

Afinal, um mesmo fundo pode ter inúmeros títulos e imóveis, de diferentes segmentos. Sem falar que, se você está em busca de um fundo imobiliário relacionado à locação comercial, por exemplo, pode escolher um FII que conte com shoppings e galpões comerciais de várias regiões do país. Consequentemente, o risco de desocupação dos locatários será reduzido.

Renda mensal

Dependendo do fundo escolhido, o investidor pode receber uma renda mensal ou semestral. Isenta de imposto de renda, essa quantia é oriunda dos aluguéis dos imóveis pertencentes ao fundo imobiliário.

Facilidade

No decorrer deste texto, ainda vamos te explicar como investir em fundos imobiliários. Mas, já podemos adiantar que eles são negociados online, por meio do Home Broker. Ou seja: são muito mais fáceis e rápidos de adquirir, em comparação com imóveis físicos.

Liquidez

Quando o assunto é liquidez, os FIIs também podem ser vantajosos para os investidores. Afinal, se você precisar do dinheiro no curto prazo, basta vender suas cotas no mercado via Home Broker. É claro que você precisa de um comprador, mas certamente será mais fácil encontrá-lo do que se você quisesse vender um imóvel físico.

Investir em imóveis de grande porte

Você já pensou em ser dono de shoppings, prédios comerciais e até mesmo hospitais? Dependendo do fundo imobiliário escolhido, você pode investir em grandes empreendimentos com valores acessíveis. Alguns fundos possuem cotas que variam entre R$90,00 e R$2000,00, por exemplo.

Proteção contra inflação

Como os contratos imobiliários normalmente são ajustados de acordo com a inflação, o rendimento dos fundos imobiliários têm a tendência de superar o índice.

Tranquilidade

Diferente do que acontece com imóveis próprios, ao obter um fundo imobiliário, você não precisa se preocupar com manutenção, administração e cobranças. Sem falar que a aquisição de um fundo imobiliário também envolve menos burocracia.

Como investir em fundos imobiliários?

Se você chegou até aqui, está certamente interessado em FIIs e quer saber como investir em fundos imobiliários? A resposta é simples: você precisa comprar cotas de um fundo imobiliário.

Para isso ser possível, é necessário ter uma conta em uma corretora. Afinal, a negociação dos fundos imobiliários acontece na bolsa de valores.  Depois disso, basta acessar o Home Broker, escolher o fundo, definir a quantidade de cotas que você deseja e o preço que pretende pagar por cada uma delas.

Após a emissão da ordem de compra, você já será dono (a) das cotas quando a operação for liquidada.

Apesar de ser um processo fácil, ele demanda muita atenção em cada passo. Na hora de escolher o fundo imobiliário, por exemplo, você deve analisar todos os seus dados, histórico e se ele corresponde com seu perfil de investidor. Verifique também quem é o responsável pela administração dele. Todas essas informações são fundamentais para quem está em busca de um investimento seguro.

Além disso, você também deve analisar a rentabilidade do fundo em questão. Para verificar se o custo-benefício é realmente bom, divida o valor dos aluguéis pelo valor das cotas do fundo. Se o rendimento for maior que investimentos da Renda Fixa, esse é um bom fundo imobiliário.

Agora que você já sabe tudo sobre fundos imobiliários, chegou a hora de começar a investir nessa modalidade. E se você quer garantir que vai tomar as melhores decisões para o seu dinheiro, clique aqui e abra uma conta na Phi Investimentos.

VEJA TAMBÉM

Primeiros passos para quem deseja investir no Tesouro Direto

01/12/2021

Aprenda agora tudo que você precisa saber sobre como investir no Tesouro Direto e veja o passo a passo para quem ainda é iniciante no mercado financeiro

Estratégia da vaca leiteira: o que é e como encontrar a sua?

29/11/2021

Conheça a estratégia vaca leiteira e saiba como ela pode ser importante para um investidor conseguir viver com uma boa renda dos produtos financeiros.

Black Friday: Compre seu imóvel com 30% de desconto!

24/11/2021

É possível encontrar imóveis de excelente qualidade e que do início do ano pra cá ficaram 30% mais baratos, e ainda, você não precisar se multimilionário para comprar, precisa apenas de 85,00 pra adquirir a primeira cota. O que me diz? Bom demais para ser verdade? Cara de golpe? Não é.

A Phi Investimentos é uma empresa de Agentes Autônomos – AAI de Investimento devidamente registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), na forma da Resolução CVM 16/21. A Phi Investimentos atua no mercado financeiro através da Guide Investimentos S.A., o que pode ser verificado no site da ANCORD. Na forma da legislação da CVM, o agente autônomo de investimento não pode administrar ou gerir o patrimônio de investidores. O AAI é um intermediário e depende da atualização prévia do cliente para realizar operações no Mercado Financeiro. Em caso de dúvidas e reclamações, favor contatar a Ouvidoria da Guide Investimentos no telefone 0800 704 0418.

[B]³ | BSMCVM

Selo Agro Broker
Selo Execution Broker
Selo Nonresident Investor Broker
Selo Retail Broker
Selo B3 Certifica
Selo Anbima - Distribuição de Produtos de Investimento
Selo Anbima - Administração Fiduciária
Selo Anbima - Gestão de Patrimônio
Selo Anbima - Gestão de Recursos
Selo Autorregulação Anbima

Invista agora

Olá, futuro cliente,

Em apenas dois passos, você garante uma das melhores assessorias gratuitas de investimentos do Brasil e começa a investir em uma das maiores corretoras da América Latina! E o melhor: é 100% digital, sem custos de abertura e manutenção de conta! Vamos lá?

Este site é protegido pelo Google reCAPTCHA. A Política de Privacidade e Termos de Serviço do Google se aplicam.

Agradecemos a confiança!

Foi super fácil não é mesmo? Agora, clicando no botão abaixo você será redirecionado para o link de abertura de conta da nossa corretora, a Guide.

Trabalhe conosco!