BLOG

Renda fixa se destaca com alta de juros e se torna excelente alternativa para iniciantes

Publicado em
Veja como a alta da taxa Selic contribui para o crescimento do interesse em investimentos de renda fixa e saiba quais as opções mais interessantes do mercado.
Renda fixa se destaca com alta de juros e se torna excelente alternativa para iniciantes

A alta de juros tem modificado alguns comportamentos e preferências dos investidores brasileiros. Um dos principais é o aumento da procura pela renda fixa, que apresenta características que tornam essa escolha muito apropriada para o momento econômico do país.

Impacto da taxa Selic

Ultrapassado os dois dígitos, a taxa Selic atingiu 13,25% no começo do segundo semestre de 2022. A decisão foi tomada pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom), que é o órgão responsável por definir a taxa básica de juros da nossa economia.

Com tantas incertezas no presente e também no futuro, a escolha por alternativas mais seguras é até natural devido às circunstâncias. Segundo informações da Brasil, Bolsa e Balcão (B3), o número de pessoas físicas que passaram a investir nesse tipo de produto cresceu 17% entre abril de 2021 até o último mês de março.

Títulos em destaque

Com o movimento, alguns dos títulos de renda fixa acabaram conquistando novos interessados em aumentar a carteira de investimentos com opções mais conservadoras para o dinheiro.

Confira algumas das principais altas que tivemos nos últimos meses:

Letras de Crédito do Agronegócio (LCA)

Um título que não estava entre os mais populares e registrou uma alta considerável são as Letras de Crédito do Agronegócio (LCA). Ele, que é isento de Imposto de Renda, apresentou um crescimento de 111% no número de novos investidores e 104% na quantidade de capital investido.

CDBs

Os Certificados de Depósito Bancário já são mais conhecidos, mas o interesse só ficou ainda maior durante o período analisado. Foram 20% a mais de pessoas investindo e alta de 16,6% no volume aplicado.

COEs (Certificados de Operações Estruturadas)

Outro tipo de investimento que também não figura na lista dos mais famosos são o COEs (Certificados de Operações Estruturadas). No entanto, com a mudança do atuação de muitas pessoas, eles cresceram 34% em número de investidores e 47% no volume.

LCIs (Letras de Crédito Imobiliário)

As LCIs (Letras de Crédito Imobiliário) aumentaram consideravelmente nos últimos meses também e se destacam com os 39% a mais na quantidade de investidores pessoas físicas e 37% na quantidade de aporte realizado.

Debêntures

Quem não ficou para trás e registrou números expressivos na renda fixa foram as Debêntures. O aumento de novos investidores foi de 54% e no valor chegamos a impressionantes 65% de alta.

CRIs (Certificados de Recebíveis Imobiliários)

Os CRIs (Certificados de Recebíveis Imobiliários) não eram muito conhecidos do grande público também, mas isso não impediu este tipo de produto financeiro aumentar a procura em 65% de novos investidores e 54% do valor de custódia.

CRAs (Certificados de Recebíveis do Agronegócio)

Para fechar a nossa lista, temos os CRAs (Certificados de Recebíveis do Agronegócio) que apresentaram a incrível alta de 82% de crescimento no número de investidores e 43% a mais no volume de dinheiro.

Por que você deve investir em renda fixa?

Como podemos notar, a procura por investimentos em renda fixa cresceu demais e alguns produtos tiveram altas verdadeiramente sensacionais. Impulsionados pela alta na taxa Selic, esta modalidade de produto financeiro apresenta uma boa segurança e liquidez interessante para o momento econômico do Brasil.

Além disso, eles mostram que até mesmo agora é um excelente momento para quem está começando e deseja conhecer o mercado financeiro muito bem antes de começar a fazer as primeiras movimentações para aumentar o patrimônio.

Aprenda como investir da melhor forma

O conhecimento é a melhor escolha para quem está começando e quer iniciar a jornada fazendo boas escolhas para o dinheiro. E para isso, nada melhor do que aprender com quem realmente entende do assunto e está pronto para te ajudar.

Pensando nessa necessidade crescente, a Phi Investimentos apresenta o Curso Estratégia em Investimentos.

Ele será realizado presencialmente em Curitiba, entre 18 e 22 de julho, e será focado em ensinar tudo o que um investidor que está dando os primeiros passos precisa saber para não errar e conseguir prosperar com segurança no mercado financeiro.

As vagas estão abertas, mas você não tem muito tempo. Acesse o site do Curso Estratégia em Investimentos e garanta logo o seu lugar.

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Educação financeira
25/07/2022

O que é o Imposto sobre Operações Financeiras e por que ele importa para seus investimentos?

Educação financeira
22/07/2022

Entenda o que é o CDI e como ele afeta seus investimentos

Educação financeira
15/07/2022

Por que procurar por um assessor de investimentos?

Educação financeira
14/07/2022

O ICMS afeta os seus investimentos?

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.